Passar para o conteúdo principal
Sem resultados.
 
Linha de Apoio ao Cliente Unilabs
2ª a 6ª das 8h00 às 20h00
sábado das 8h30 às 13h00

Unilabs e Instituto Ricardo Jorge criam ferramenta para identificar variante do Reino Unido do vírus SARS-CoV-2

Imagem
Unilabs e INSA criam ferramenta para monitorizar nova variante inglesa do vírus
Unilabs e INSA criam ferramenta para monitorizar nova variante inglesa do vírus

A Unilabs e o Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge desenvolveram uma ferramenta que monitoriza a nova variante inglesa  B.1.1.7 do vírus SARS-CoV-2 e a sua distribuição geográfica em Portugal, permitindo uma atuação mais eficaz das autoridades de saúde pública.  

Esta ferramenta disponibiliza dados em tempo real, que permitem perceber onde aparecem os casos da variante do Reino Unido, em “função da metodologia desenvolvida e validada pelo INSA através da sequenciação genómica e disponível a todos os laboratórios que fazem diagnóstico da SARS-CoV-2 por RT-PCR”.

Com o apoio dos laboratórios públicos e privados e da academia, o Instituto Ricardo Jorge tem monitorizado as mutações do vírus SARS-CoV-2, para que seja possível perceber a distribuição e evolução da pandemia no território nacional. O mesmo ocorre com a nova variante do vírus, em que o trabalho de equipa tem sido de extrema relevância para determinar com rapidez e eficácia quais os casos positivos que podem ser causados pela variante do Reino Unido. 

O INSA destaca que “a literatura científica mostra que há um claro sinal, presente nesta variante, em determinados testes de diagnóstico, que permite determinar quais os casos que podem ser associados à variante do Reino Unido”. Foram sequenciadas dezenas de amostras e conseguiu-se constatar que em mais de 90% dos casos se tratava da nova variante inglesa VUI-202012/01. 

Segundo Luís Menezes, CEO da Unilabs “desde o início da pandemia que temos trabalhado muito proximamente com o INSA. Tendo percebido que tínhamos os dados necessários para mapear a evolução desta variante, a Unilabs Portugal colocou a sua equipa de Data Intelligence ao serviço do INSA, permitindo que, cada vez que um caso desta variante seja identificado, o mesmo surja no mapa, permitindo às equipas de saúde pública uma melhor perceção da distribuição geográfica desta variante.”


Mais Notícias:
Diário de Notícias
SIC Notícias
Sapo Online
TVI 24
Jornal de Negócios
 

x

Bem-vindo ao Unilabs.pt

Visitar unilabs.com

OU ESCOLHA UM PAÍS UNILABS DA LISTA

A Dr Krug de Noronha faz parte do grupo Unilabs.
Fechar
A Base faz parte do grupo Unilabs.
Fechar
A BMAC faz parte do grupo Unilabs.
Fechar
A Cardioteste faz parte do grupo Unilabs.
Fechar
A Clínica Laboratorial de Guimarães faz parte do grupo Unilabs.
Fechar
A CENTAC faz parte do grupo Unilabs.
Fechar
A Clínica Hilário Lima faz parte do grupo Unilabs.
Fechar
O SMIC faz parte do grupo Unilabs.
Fechar
A Dr Campos Costa faz parte do grupo Unilabs.
Fechar
A Labamaro faz parte do grupo Unilabs.
Fechar
O Grupo Imagem Saúde faz parte do grupo Unilabs.
Fechar
A Imag faz parte do grupo Unilabs.
Fechar
A Ginoeco faz parte do grupo Unilabs.
Fechar
A Coimbralab faz parte do grupo Unilabs.
Fechar